Festival presta homenagem às bandas do movimento Madchester


Bandas britânicas icônicas dos anos 90, como Stone Roses, Oasis e Blur, serão homenageadas em festival programado para 24/03/2018 em Manchester, Inglaterra.
As bandas integram o movimento então denominado Madchester, com grupos criativos que ganharam o mundo pop a partir de sua terra natal, a inglesa Manchester.
O movimento Madchester tem página no Facebook. Clique aqui para acessar a página.
Se tiver interesse, até 02/01/2018 estavam disponíveis ingressos a 20 libras para o festival, que, segundo os organizadores, será o primeiro dos eventos Madchester de 2018.

Olha só o cartaz do festival, com os nomes das bandas que farão homenagens:


Ian Brown, ex-Stone Roses, promete novo disco. Só promessa?

Ian Brown, vocalista da extinta banda Stone Roses, de Manchester, Inglaterra, promete novo disco. Essa promessa foi motivo de amplo noticiário internacional no fim do primeiro semestre de 2017.
Um dos textos sobre o tão aguardado novo disco solo de Brown é do segmento de notícias da britânica Rádio X.

Clique aqui para ler o texto em inglês.

Com 54 anos de idade, o músico tem seis álbuns solo. O primeiro deles, Unfinished Monkey Business, foi lançado em 1998, dois anos depois do fim da banda de rock alternativo Stone Roses.
Fãs aguardam ansiosos pelo sétimo disco de Ian Brown.

A foto que ilustra este post é da Fact Magazine

Enquanto isso, confira vídeo de Ian Brown para a música Waterfall:


Preço do LP Echo & The Bunnymen varia de R$ 40 a R$ 70


O preço do disco Echo & The Bunnymen em LP varia de R$ 40 a R$ 70. A variação foi apurada por este espaço de conteúdo em marketplaces como Mercado Livre e Discogs.
Conforme a Discogs, o LP da banda britânica lançado em 1987, e que inclui hits como Lips Like Sugar, pode ser encontrado entre R$ 19,80 a até R$ 70. A última venda de LP Echo & The Bunnymen, segundo o portal, foi em 02/11/2017.
Já o marketplace Mercado Livre oferece o disco em vinil, na versão original de 1987, com encarte.
O disco, usado e em boas condições, conforme o vendedor, vale R$ 40, mais os custos de postagem.
Segundo a Mercado livre, os custos de postagem ficam em R$ 9,90 com entrega, via Correios, em um prazo de seis dias úteis.

The Game

Echo & The Bunnymen é o quinto disco da banda do vocalista Ian McCulloch.
Em 1987, ano de lançamento do disco, o grupo veio ao Brasil, encantou-se com o Rio de Janeiro e fez na capital carioca o clipe de The Game, outro hit do disco ao lado de Lips Like Sugar.
Em texto na Vix, Luiz Augusto Lima detalha 10 músicas que mostram a importância do Echo & The Bunnymen.


Confira o vídeo do disco:


Banda Ocean Colour Scene mantém fidelidade ao brit pop


A britânica Ocean Colour Scene mantém fidelidade ao brit pop. Sem fugir do rótulo que lançou bandas como Oasis, Pulp e Blur, a Ocean prima pela longevidade no batente.
Em 2016, por conta do aniversário de 20 anos do disco Moseley Shoals, a banda iniciou turnê que varou 2017, encerrando em dezembro com show pra lá de disputado.
Na oportunidade, a banda lançou em vinil branco de 180 gramas de Moseley Shoals.



Veja o vídeo de parte do show de dezembro no Hydro:


No pique, a OCS disponibilizou um presentão de Natal, com vídeo da bela Scene.

Confira o clip de Scene, disponibilizado em 26/12/2017:




Prestes a completar 40 anos, Echo & The Bunnymen segue na estrada

Às vésperas de completar 40 anos de vida em 2018, a banda Echo & The Bunnymen segue na estrada.
Em seu site oficial, o grupo liderado pelo vocalista Ian McCulloch divulga shows a serem realizados até junho de 2018 em cidades inglesas e na capital, Londres, no London Royal Albert Hall.
A agenda de shows confirma o vigor da banda, que lança novo disco, o The Stars, The Oceans & The Moon.
O novo disco pode ser adquirido diretamente no site do Echo & The Bunnymen por £12. 
Em texto de divulgação de The Stars, The Oceans & The Moon, o vocalista diz que os músicos fazem o que mais sabem fazer: música. O disco, diz, celebra os 40 anos da banda.
O novo disco também mescla releituras de sucessos da banda, a cargo de McCulloch, do co-líder Will Sergeant. A produção é de Andy Wright.

                                           Se quiser adquirir em LP 

                                                o quinto álbum, 

                                           Echo & The Bunnymen

                                com a clássica Lips Like Sugar, clique aqui

Lips Like Sugar






Na cola do Bowie, a inglesa Psychedelic Furs esbanja vitalidade

Na cola do camaleônico David Bowie, a banda inglesa Psychedelic Furs esbanja vitalidade. Isso porque não é fácil, mas qualquer um pode tentar os trejeitos e voz de Bowie.
Mas já pensou fazer isso quando o mestre estava no auge, com a carreira em ascensão?
Foi o que fizeram os integrantes da inglesa Psychedelic Furs. Criada na Inglaterra de 1977, em pleno universo punk dominando a cena, a banda migrou para um estilo que mesclava melancolia, guitarras bem tocadas e vestimenta com bons cortes.
Daí a banda ter mesclado os estilos dark, new wave, new romantic e outros da época.
A inglesa Psychedelic Furs serviu de fuga para quem na época buscava saídas fora do rock decadente dos 70 e do ascendente punk. E também não queria ficar abusando de maquiagem e investindo tanto em roupas.
Ou seja, o vocalista e líder Richard Butler cravou o que logo seria denominado pós-punk.
O segundo disco da inglesa Psychedelic Furs, Talk Talk Talk, faz muito mais do que revelar petardos musicais. Cravou linhas mestras do pós-punk: ira, ação, pouco papo furado e instrumentos bem tocados.
A banda segue em atividade.

Quer adquirir discos da inglesa Psychedelic Furs? Clique aqui 

Pretty in Pink, do Talk Talk Talk


Refletir nossos tempos é o foco do novo disco do Garotas Suecas

O quarteto paulistano Garotas Suecas chega ao terceiro disco de carreira com Futuro do pretérito. Lançado em outubro de 2017, ele procura revelar uma banda que encontrou seu jeito de ser no universo musical.
"Nos discos anteriores, às vezes ouvíamos uma música ou outra para nos inspirar, um Marvin Gaye, coisa assim. Desta vez, não fizemos isso. Fomos pela nossa dinâmica própria", diz Tomaz Paoliello, guitarrista e também vocalista em texto da Agência Estado no portal Uai.
Clique aqui para ler o texto da Agência Estado no portal Uai na íntegra.
Refletir nossos tempos é o foco do novo disco do Garotas Suecas. Em minha opinião, depois de ouvir a faixa Captei Você, a banda acertou: mantém o pé no pop com apuro pessoal.

Crédito da foto deste post: www.instagram.com/p/BJBAFKNj-mv/?tagged=garotassuecas

Em 2010, a banda lançou o EP Escaldante Banda, um verdadeiro achado. Caso você tenha interesse em adquirir esse EP, clique aqui


Confira abaixo o single Captei Você:


Festival presta homenagem às bandas do movimento Madchester

Bandas britânicas icônicas dos anos 90, como Stone Roses , Oasis e Blur , serão homenageadas em festival programado para 24/03/2018 em Ma...